Vanessa Gonçalves defende aquisição de viatura para o Programa Ronda Maria da Penha

por Clely Ferreira publicado 04/09/2019 13h25, última modificação 04/09/2019 14h33
Na sessão ordinária desta terça-feira (03), a vereadora Vanessa Gonçalves (PROS) defendeu a destinação de recursos para compra de uma viatura para o Programa Ronda Maria da Penha em Parintins. Dessa forma, com a Indicação nº 074/2019 solicitou emenda parlamentar da deputada Alessandra Campêlo (MDB). Ao tratar sobre captação de investimentos para o município, anunciou o conjunto de propostas direcionadas ao parlamento estadual.

Na sessão ordinária desta terça-feira (03), a vereadora Vanessa Gonçalves (PROS) defendeu a destinação de recursos para compra de uma viatura para o Programa Ronda Maria da Penha em Parintins. Dessa forma, com a Indicação nº 074/2019 solicitou emenda parlamentar da deputada Alessandra Campêlo (MDB). Ao tratar sobre captação de investimentos para o município, anunciou o conjunto de propostas direcionadas ao parlamento estadual.

Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, reiterou as denúncias contra a Empresa Oliveira Energia que chegam à Casa Legislativa. Com ênfase ao relato de moradores da Comunidade Rural São Tomé, a vereadora repudiou o desrespeito com a população. “Isso é resultado da privatização, a qual me manifestei contrária por muitas vezes. Pessoas humildes não têm condições de arcar com uma conta de dois mil reais, por isso vamos falar e agir por esses trabalhadores. Podem contar com meu apoio”, declarou.

Sobre a construção da Escola Municipal São Pedro do Parananema, confirmada pelo Poder Executivo, a vereadora requereu informações a respeito do terreno e demais trâmites referentes ao projeto. A propositura é resultado das reivindicações dos comunitários, que necessitam de um espaço equipado, funcional e seguro para o ensino e aprendizagem no educandário.

A parlamentar pediu também mais fiscalização nas vias da cidade. Um dos pontos realçados é quanto ao uso obrigatório do capacete no trânsito. Outra questão está relacionada à ocupação irregular em trechos da cidade, principalmente por donos de bares que ocupam as ruas e comprometem a segurança da população. Nesse sentido, exemplificou denúncia quanto a um bar na Orla da União.