Queimadas na Amazônia norteiam discurso do vereador Renei Mocambo

por Clely Ferreira publicado 04/09/2019 13h05, última modificação 04/09/2019 16h16 Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão
O vereador refletiu sobre a inquietação das empresas que estão de olho no nosso Estado. "O assunto é preocupante, porque nós vivemos aqui no Estado do Amazonas e vimos, hoje, que o mundo inteiro está de olho em nossa casa", se expressou o edil.

Queimadas na Amazônia. Este tema tomou até repercussão internacional. O assunto é alarmante e foi esta pauta norteou o pronunciamento do vereador Renei Mocambo (PR) na sessão ordinária dessa terça-feira (03/09), em particular no território do Estado do Amazonas.

O vereador refletiu sobre a inquietação das empresas que estão de olho no nosso Estado. "O assunto é preocupante, porque nós vivemos aqui no Estado do Amazonas e vimos, hoje, que o mundo inteiro está de olho em nossa casa", se expressou o edil.

Renei comentou que a exploração do Amazonas é feita por empresas de outros estados e de até de outros países. "Quem deveria explorar essa grande riqueza que temos em nosso Estado deveria ser o povo do Amazonas", analisou.

O parlamentar citou sobre a atividade de empresas que se instalaram no meio da Mata, na região do Mamurú, que fazem a exploração de várias espécies de árvores. “Saem do nosso estado com inúmeras balsas de madeira. Quando é feita fiscalização, as empresas apresentam documentos de liberação para grandes áreas”, declarou.

Com esta informação, Renei comparou às atividades de produtores locais e relatou os entraves referentes à questão ambiental. Em seguida, falou sobre a falta de políticas públicas locais e repudiou o fato de que somente sete produtores foram beneficiados para um total de 175 milhões de reais no orçamento Governo do Estado para o ano de 2019, destinado à “tão sonhada mecanização”.